Diário de viagem

Diário de viagem a Nova York – Adriana Vasconcelos

O Diário de Viagem é uma seção que traz relatos de leitores do blog. Nesses relatos, eles contam como foi a viagem a Nova York, o que mais gostaram de fazer, o que não gostaram, dividem dicas, enfim: um diário mesmo. A convidada de hoje é a Adriana Vasconcelos. Ela ficou 10 dias, em agosto de 2019 e foi sua segunda vez na cidade. Para conferir mais relatos, clique aqui.

 

Sonhando ainda com todos os lugares, passeios e tudo que vivemos nos 10 dias que passamos em Nova York. Essa viagem sempre foi um sonho! Tínhamos visitado outros lugares, mas ir a Nova York era daqueles sonhos de criança sabe? Quando chegamos, durante o trajeto até o hotel, me emocionei. Fiquei um ano pesquisando tudo sobre a cidade neste blog e no grupo do Facebook da Laura Peruchi e sem dúvida nenhuma não conseguiria montar um roteiro tão bacana sem todasss as dicas da Laura e do grupo! Indiquei o blog até para os brasileiros que conhecemos lá!

Pesquisamos passagens e compramos com 8 meses de antecedência. O próximo passo foi pesquisar hotel. Meu Deus! Isso foi o mais difícil, porque queríamos pagar pouco e ficar em Manhatan (quasee impossível kk) mas com muita pesquisa achei uma opção. Ficamos no Hotel 31, excelente localização, porém com banheiro compartilhado (medo). Mas tivemos uma grata surpresa. Hotel simples mas equipe muito solícita e banheiro limpíssimo! Ficaria de novo lá sem nenhum problema!

Bom, vamos para o relato! Passamos 10 dias em Nova York: chegamos no dia 31 de julho e ficamos até dia 9 de agosto. escolhemos o verão porque levamos nosso filho de 6 anos e tinha que ser que nas férias escolares. Fomos de LATAM – aeronove novíssima, vôo super tranquilo. Saimos de São Paulo às 21h40 e chegamos em Nova York às 7:30h horário local. Passamos pela imigração tranquilamente, na hora a guardinha pediu que meu marido fosse para outro guichê separado de mim e do meu filho já fiquei com medo porque ele não fala nada de inglês! Mas foi tudo bem! Para mim, perguntaram apenas se estava de férias e quantos dias iria ficar, e no final o fiscal arriscou um “Bom dia” em português! Para meu marido não perguntaram absolutamente nada! Passamos tranquilamente.

Fechamos o transfer com o Emerson (dica da Laura) excelente!! Não queríamos arriscar ir de metrô com criança e foi a melhor opção que fizemos !

Chegamos no hotel por volta de 9:30h da manhã e o check in seria apenas a partir de 14h , mas o pessoal do hotel liberou para que fizessemos o check-in quando chegamos! Me ganharam com esta gentileza. Quarto simples mas, acreditem: tivemos uma vista privilegiada da janela do nosso quarto, víamos o Empire State Building. Já trocamos de roupa e,  pernas pra que te quero! Seguimos do hotel para a Quinta Avenida, a apenas duas quadras, e fomos em direção ao Empire State Building – já entramos tiramos fotos e seguimos para o Bryant Park, lindo! Cheio de gente, bem cara de Nova York. E fomos conhecer a New York Library: lindíssima, encantadora, me senti em um filme, por mim ficava horas ali. Meu filho achou o máximo ver aqueles livros todos e salas lindas, para ele o máximo que ele conhecia de uma biblioteca era a da escola dele…

Seguimos para Grand Central Terminal, que lugar lindooo! Ali já aproveitamos a loja da Apple e compramos nossos telefones e eu o meu relógio. Saimos do Grand Central já com muita fome e achamos o Shake Shack (viciamos!). De lá visitamos a Catedral de St Patrick, meu Deus que igreja linda! Entramos e agradeci a Deus por estar ali! Fomos até o Rockefeller Center, passeamos pelas lojas, tiramos fotos e levei o meu filho da loja do Lego, já saiu de lá feliz com o presente que já ganhou no primeiro dia.

Voltamos ao hotel para descansar um pouco e nos prepararmos para passear mais à noite. Fomos para a Times Square e tudo até agora fizemos à pé. A Times Square é simplesmente alucinante, acho que essa seria a palavra! Nesta hora minha ficha caiu, estava em Nova York! Depois de um dia de muita andança meu filho queixou-se, dizia não aguentar andar mais. Tive então que comprar um carrinho para ele (mesmo sendo grande, 6 anos,  foi a melhor coisa que fizemos). Achei naquelas lojinhas de lembrancinhas que tem pra todo lado, comprei o carrinho maior para dar certo pra ele. Jantamos sanduíche no Shake Shack. Estavamos cansados e por ser o primeiro dia não quisemos arriscar.

No nosso segundo dia, fomos ao MET de metrô, obrigada Laura e Nyorquina pelo vídeo! Eu me senti super tranquila para comprar o Metrocard; compramos  ilimitado de 7 dias, não precisamos comprar para o meu filho, ele passava junto com a gente. Baixamos o aplicativo, mas preferi bem mais usar o Google Maps mesmo, achei mais didático. Tivemos dúvida apenas no Downtown e Uptown. O primeiro metrô erramos. Então, descemos na primeira estação e trocamos de metrô. Depois disso, não erramos mais! Rs Lembrei do vídeo onde a Laura e a Paty falam “fiquem atentos ao Uptown e Dowtown”.

Visitamos o MET e adoramos! Muito legal o museu. Saímos do museu com fome  não achamos nenhumm carrinho do Halal Guys na porta do museu. E estava determinada a almoçar a tão famosa marmita..rs! Descemos de metrô para a 51 e próximo à Escultura LOVE encontramos o carrinho do Halal Guys e enfim fomos almoçar, era umas 16h já. Para o meu filho, já havia dado um McDonald`s mesmo. Gente, amei a comida! Adoro temperos e o arroz estava divino, meu marido não gostou muito, mas comeu bem, o molho realmente é muitooo bom. Compramos uma só e dividimos. Seguimos andando na Quinta Avenida e fomos visitar a Trump Tower, prédio lindo! Fomos até o Radio City e voltamos ao hotel.  Neste dia, jantamos no restaurante  da esquina do Hotel , chamado Vezzo Thin Crust Pizza.  Comemos uma pizza divina, ambiente super legal e descontraído, vale muito a pena conhecer!

No nsso terceiro dia, tomamos café na esquina do hotel e seguimos para o Top of The Rock de metrô, fomos lá comprar o ingresso para voltarmos no final do dia, compramos para as 18h30. De lá fomos para o Central Park e alugamos bikes por duas horas (mas nos arrependemos, deveríamos ter alugado para o dia todo). Demos a volta no parque, descemos em alguns pontos para tirarmos fotos e quase nos atrasamos para devolver a bike. Achei bem pesado o passeio de bike pelo parque todo em duas horas. Devolvemos a bike e ainda andamos mais um pouco pelo parque à pé!

À tarde, fomos para o Museu de História Natural. ,Meu marido não quis entrar, ele ficou de fora nos esperando e eu e meu filho passeamos por três horas no museu! Foi um dos passeios que ele mais gostou! Fizemos um lanchinho à tarde na lanchonete do museu mesmo. Saímos do museu, passamos pelo Plaza e fomos para Top of The Rock, porque já estava chegando a hora. Ao chegar lá, aguardamos até dar as 18h30 para subirmos. Aproveitamos e fomos conhecer a loja American Girl, gente, eu queria toda as bonecas. Que loja encantadora! Se tivesse uma filha estava perdida. Enfim, entramos no Top of The Rock! Que show, que vista! Ficamos lá até escurecer – o que aconteceu por volta de 20h40. Descemos, passeamos pela Times Square e jantamos no Shake Shack (com criança esta foi uma opção bem prática). Neste dia, fomos pegos de surpresa por uma chuvinha considerável, aguardamos ela passar e voltamos para o hotel.

No quarto dia, pegamos o metrô e fomos até Coney Island – brasileiro, mineiro gosta de uma praia! Tiramos este dia para curtirmos a praia e o parque. Passeamos pelo Luna Park e meu filho amou!  E ficamos sentados na areia, curtindo a praia mesmo. Meu filho entrou e brincou bastante no mar; a água estava fria; mas como o dia estava bem quente ele nem reclamou! Resolvemos que iriamos comer no Nathan’s, mas de repente caiu uma chuva fenomenal, que não passava. Não conseguimos seguir para o outro Nathan’s e acabamos comendo um sanduíche em um restaurante ao lado do Nathan’s chamado Ruby’s – pior sanduíche que comi na vida, horrível. Não sei se demos azar ou se era ruim mesmo. Ficamos por lá até a chuva dar uma acalmada, saímos e pegamos o metrô de volta ao hotel. Neste dia, fizemos a reserva pelo site para jantarmos no Carmine’s. Seguimos para a Brodway, passeamos pelos teatros e fomos jantar no horário da nossa reserva. Adoramos o restaurante, decoração bem típica e pedimos uma lasanha que por sinal estava deliciosa! Uma lasanha atendeu super bem nós 3 e ainda sobrou bastante, ficamos bem satisfeitos que nem conseguimos pedir a sobremesa!

No quinto dia foi em um sábado, fomos fazer o passeio de Washington, fechamos ainda no Brasil. Saímos de Nova York às 6h30 da manhã e chegamos em Washington por volta das 11h.  Amamos o passeio, que delícia que foi saber e conhecer de perto todos aqueles prédios, monumentos e memoriais, foi um dia para guardarmos para sempre ! Aconselho muitoo fazer este passeio para quem tem ainda alguma dúvida! Chegamos em Nova York por volta das 21h30.

Noo sexto dia fomos para o Brooklyn! Pegamos o metrô até o City Hall e iniciamos a travessia da ponte para o Brooklyn, que passeio delícia! Não sei se com vocês que já foram se foi assim, mas em todo momento me senti vivendo um filme. Tiramos muitas fotos e aproveitamos as dicas para comprar alguns souvenirs dos ambulantes no início da ponte. Vale super a pena: chaveirinhos e ímãs por $1. Já descemos a ponte e fomos direto ao Brooklyn Bridge Park e passamos pelo ponto da Washington St para fazer aquela foto tradicional com a Manhattan Bridge. Caminhamos pelo parque, que delícia de lugar. Aproveitamos e claro, andamos no Jane’s Carroussel. Caminhamos por ali e resolvemos comer um sanduíche. Queria muito ter experimentado o sorvete da Brooklyn Ice Cream Factory, mas o sol estava escaldante e a fila gigante, dai desistimos. Seguimos então de metrô para o High Line, antes de subirmos caminhamos pelas ruas próximas, fomos na loja da Apple e depois fomos conhecer a loja da Samsung 837, muito interessante é um verdadeiro playground digital. De lá seguimos para o High Line, muito legal também, presenciamos pessoal tocando, outros fazendo happy hour, outros apenas sentados observando a paisagem. Ao descermos, fomos visitar o Chelsea Market elá tomamos um Milk Shake delicioso e voltamos para o hotel. Neste dia jantamos novamente na pizzaria que ficava na esquina do hotel.

No sétimo dia, segunda-feira, seguimos para o passeio da Estátua da Liberdade. Pegamos o metrô e seguimos para o Battery Park, caminhamos um pouco, passamos pelas piscinas e One World Trade Center mas não paramos porque iríamos fazer este passeio no outro dia. Seguimos para onde compraríamos o ingresso do cruzeiro e me  arrependi na hora por não ter comprado pela internet, ficamos na fila por volta de 1h e 30 min suportando um calor de 38 graus! Este dia estava muitoooo quente!

Conseguimos embarcar e valeu muito a pena o passeio. Não quisemos subir na Estátua porque tinha outra fila e o sol realmente estava muito forte! Retornamos e sabe aquelas fontes de água que as crianças ficam brincando nos parques e praças? Pois é, entrei em uma daquelas, não só eu como muitos, o calor estava muito forte e como eu tinha ido de body (daqueles que servem de maiô também) e short, seguimos e logo estava seca novamente. Fomos para Wall Street e para ver o touro. Pra tirar foto com o touro foi uma luta, muita gente! Mas conseguimos! Visitamos a Trinity Church, muito bonita também. E caminhamos pela Wall Street, tiramos algumas fotos e fomos almoçar. À tarde, seguimos para a Century 21 fazer as nossas comprinhas. Voltamos ao hotel e à noite fomos jantar no Eataly que fica na esquina do Flatiron Building, comemos uma massa deliciosa!

No oitavo dia, terça-feira, caminhamos até a Union Square passeamos pelas lojas Nordstrom, Burlington e neste dia almoçamos no IHOP, panquecas deliciosas. Após almoçarmos, fomos de metrô para o World Trade Center. Passeamos pela praça e ficamos um tempo observando as piscinas e explicando ao meu filho como tudo aconteceu. Neste dia, revivemos o ataque, lembramos o que estávamos fazendo, como foi o sentimento. Foi uma tarde que mexeu conosco por relembrarmos tudo que vivenciamos mesmo de longe. Tentamos a dica de pegar o ingresso para o Museu 11 de setembro que às terças após às 17h tem a entrada free, mas desistimos de ir, porque meu filho não quis (viajar com criança tem destas coisas!). Compramos o ingresso para o Observatório e subimos. Um show à parte, como tudo nos EUA né? A subida nos encanta, as apresentações mais ainda. Chegando lá sinceramente foi a vista mais linda que tivemos. Dá pra ver muito de Nova York. Ficamos lá por umas duas horas e meia apreciando tudo! Saímos e fomos passear pelo Oculus, as famosas asas de águia! Lugar lindo, super cool! Neste dia jantamos no Shake Shack e comemos Cookies na lojinha de cookies do primeiro andar do prédio.

Nosso nono dia, praticamente o último, porque o décimo tínhamos apenas a manhã, aproveitamos e deixamos o dia mais livre. Tomamos café e seguimos ao Museu da Matemática – meu filho queria muito ir! Mais uma vez meu marido quis ficar de fora nos aguardando. Nem preciso falar que ele amou né? Muitas coisas bacanas e interativas, é um passeio super indicado para crianças! Saindo de lá, fomos tirar fotos no Flatiron Building e meu marido queria ir em uma loja da Nike que era bem próxima do edifício. Almoçamos no Eataly e comemos uma pizza muito gostosa. Saindo de lá levamos meu filho na loja Lego que era do lado. Depois, fomos à Harmon – loja indicada pela Laura. Nem preciso falar que me esbanjei lá. Adorei tudo que comprei da marca Milani. Saindo de lá fui procurar uma loja chamada Buy Buy Baby porque estava com umas encomendas daquelas garrafinhas térmicas da Skip Hop e havia pesquisado que lá teria e tinha.  Ufa! Seguimos para a Macy’s, GAP e Victoria’s Secret. Nesta tarde meu marido e meu filho voltaram para o hotel e eu me esbanjei sozinha! Enfim podia ver, comprar, sem ninguém me chamando para ir embora. Neste dia, minhas pernas já não estavam se aguentando, mas fiquei firme! À noite, fomos jantar no TGI Friday (tinha ido na rede quando fomos para Los Angeles) e queria muito comer uma carne. Daí fomos para lá e jantamos a costela com o molho de Whisky que eles servem lá!

Nosso décimo e último dia, fomos até o Gran Central Terminal porque meu marido decidiu voltar na loja da Apple para comprar um item e voltamos caminhando, passamos na Macy’s mais uma vez porque queria uma calça que eu tinha visto lá, e voltamos ao hotel caminhando já nos despedindo de Nova York. Organizamos o check-out do hotel, deixamos as malas e fomos ao Eataly almoçar. Viagem com criança nos limitou muito experimentar restaurantes,  mas como voltarei com certeza a Nova York teremos outras oportunidades! Voltamos ao hotel e o Emerson já estava à nossa espera para nos levar ao aeroporto – serviço de primeira!

Bom é isso… desculpe pelo relato enorme  mas quis detalhar ao máximo possível, porque sei o quanto os Diários de Viagem que li no Blog me ajudaram. Fizemos tudo que queríamos? NÃO! Mas Nova York é isso, sempre deixará um gostinho de quero mais! Se retornaremos? COM TODA CERTEZA! Mas voltaremos ou sozinhos ou quando meu filho já for adolescente, para curtirmos tudo que a noite de Nova York nos oferece! Os dez dias ficarão para sempre em nossos corações e em nossas mentes! Obrigada por tudo Laura; você e o grupo fizeram toda a diferença para que o roteiro desta viagem se concretizasse!

Se você quiser participar, envie seu relato para análise para laura@lauraperuchi.com COM FOTOS, seu nome completo e cidade/estado. LEMBRE-SE que é preciso ser detalhista. Não precisa escrever um livro, mas seu relato tem que ser informativo!


Leave a Response